Que café faz bem para a saúde, muita gente já sabia. Tomado com moderação e sem açúcar, diminui o risco de doenças cardíacas e diabetes, tem antioxidantes, magnésio, e ajuda a se manter vigilante e atenta, entre tantos outros efeitos. Mas o que ainda é pouco conhecido é o café verde – aquele que não foi torrado da maneira tradicional, e que se usado com regularidade, pode ser um grande aliado numa dieta para a perda de peso.

Como o Café Verde Ajuda a Emagrecer?

O café verde difere do café torrado num composto muito interessante, chamado de ácido clorogênico. Esse ácido, que acontece naturalmente no nosso organismo, tem um sabor extremamente amargo, e por isso é removido do café que se bebe, pelo seu paladar indesejado. O seu extrato ajuda a queimar a gordura de maneira mais eficiente, ao impedir a absorção rápida da glicose, dando uma grande ajuda a um dos órgãos que mais trabalha no nosso corpo, o fígado. Assim, o corpo tem a tendência de ir buscar a energia naqueles depósitos de gordurinha que desejamos que desapareçam.

Café Verde Realmente Funciona?

Esse suplemento para emagrecer tem sido estudado e comentado por grandes universidades e personalidades, como o famoso médico norte-americano Dr. Oz. Um estudo duplo-cego publicado em Janeiro de 2012 na revista de estudos científicos “Diabetes, Metabolic Syndrome and Obesity” chegou à conclusão de que o café verde ajuda mesmo a emagrecer – os participantes do estudo perderam em média 8 quilos em doze semanas, sem mudar nada em sua dieta, e sem aumentar os exercícios físicos.

Claro que aqui não estamos procurando a pílula mágica, todos sabemos que sem dieta não chegamos a lado algum, e que emagrecer depende de uma mudança de atitude. Mas o café verde pode ser um suplemento – ou seja, algo adicional, para ajudar a turbinar a dieta. E se você está com medo do excesso de cafeína, procure pelos suplementos com pouca ou nenhuma cafeína.

Como Ingerir o Café Verde?

Para melhores resultados, o suplemento de café verde deve ser ingerido meia hora antes das refeições. Para escolher o melhor suplemento, já que existem tantas variedades à venda, escolha aquele que tem pelo menos 45% de ácido clorogênico (pode estar listado com o nome de Svetol ou GCA, Green Coffee Antioxidant). Também ajuda se o produto for fresco, de comércio justo, e claro, se você tiver a garantia do dinheiro devolvido, caso não fique satisfeito.

 

Várias pessoas já comentaram sobre a eficácia deste produto. No entanto, como cada organismo é diferente, é possível que para algumas pessoas o resultado seja demasiado pequeno para ser notado. Como café verde é um produto natural, não são conhecidos efeitos adversos, desde que tomado sempre dentro da dose recomendada de 800mg por dia, até ao máximo de 1600mg, para quem procura resultados mais rápidos.

 

E você, já experimentou o suplemento de café verde? Funcionou? Conte para a gente!