Compartilhe:

A vitamina D é considerada como essencial na alimentação, mas é possível que a sua esteja em baixa ou mesmo que você tenha dificuldade em garantir o equilíbrio. 

Pensando nisso, conheça agora os cinco melhores alimentos ricos nessa vitamina para conseguir equilibrar as porções diárias. 

Não perca mais tempo, pegue sua listinha de compras e saiba o que não pode faltar no seu carrinho. 

 

Benefícios da Vitamina D

A vitamina D é conhecida como a grande vitamina que vem do sol, mas de forma geral é um tipo de micronutriente que atua nas funções biológicas. 

Ao contrário de outras substâncias, a vitamina D não é produzida pelo organismo e, por isso, é preciso incluir alimentos e atividades que garantam essa absorção. 

E porque a vitamina D é importante?

 

Bom, em resumo, os principais benefícios dessa substância incluem: 

  • Equilíbrio da pressão arterial; 
  • Melhora na saúde cardíaca; 
  • Equilibra os minerais no sangue, como ferro e cálcio; 
  • Evita e combate a calvície precoce; 
  • Atua contra doenças autoimunes; 
  • Fortalece ossos e dentes; 
  • Atua no aumento da força muscular;
  • Melhora a aparência da pele. 

 

Esses benefícios estão associados a um conjunto de ações bem simples de entender. 

Em primeiro lugar, a vitamina D é capaz de fortalecer o sistema imune do corpo e, por isso, atua contra uma série de doenças e consegue manter o organismo mais forte e equilibrado. 

Em segundo lugar, diversos estudos apontam que essa vitamina pode controlar melhor os níveis hormonais e ainda aumentar a sensibilidade e secreção de insulina. 

Justamente por isso, os especialistas acreditam que seria possível combater e evitar a diabetes tipo 2. Além de regular a pressão. 

Em terceiro lugar, a vitamina D atua na manutenção de cálcio do corpo, melhorando a mobilidade, evitando o enfraquecimento e até fraturas. 

Logo, o seu corpo melhora a absorção de cálcio, aumentando a densidade óssea e evitando osteoporose, raquitismo e até osteomalácia. 

É importante ressaltar que a falta de vitamina D no organismo pode reduzir a densidade óssea, falta de nutrientes e minerais essenciais, quedas e fraturas ou até resultar em dores musculares. 

 

Vitamina D e peso – Descubra a verdade 

Muitas pessoas não sabem, mas muitas vezes é possível regular a quantidade de vitamina através dos alimentos que ajudam a perder peso.

Mas importante que isso, alguns estudos mostram que muitos obesos têm deficiência nessa vitamina. 

Isso mostra que existe algum tipo de relação não é mesmo? 

Segundo especialistas, quando um indivíduo não se alimenta bem e ainda sofre com a falta de vitamina D, o organismo entra em um estado de alerta. 

Na maior parte dos casos, a falta da vitamina do sol na corrente sanguínea acarreta um acúmulo de gordura corporal e, consequentemente, ganho de peso. 

Em contrapartida, ao regular a quantidade de vitamina D no corpo, o seu organismo passa a aumentar a quebra de gordura realizada pelo fígado, evita o acúmulo de tecido adiposo e corta a produção de paratireoide, hormônio relacionado ao ganho de peso. 

Ou seja, consumir os alimentos que ajudam a perder peso e adquirir vitamina D garantem apenas vantagens. 

 

5 alimentos ricos em vitamina D que ajudam a perder peso 

 

Peixes: 

Entre os alimentos ricos em vitamina D que ajudam a perder peso estão os peixes, como atum, sardinhas e salmão. 

Isso acontece porque alimentos de origem marinha, como outros frutos do mar, tem boas concentrações dessa vitamina bem como em outros nutrientes. 

Já na questão do peso, os peixes ajudam a perder peso porque estimulam o funcionamento interno, tem gorduras boas, como ômega 3, e causam maior sensação de saciedade. 

 

Ovos: 

Os ovos são ricos em proteínas e reduzem a fome, sendo grandes aliados pois ajudam a perder peso. 

Mas, além disso, a gema do ovo é rica em vitamina D e podem ainda melhorar a saúde cardíaca. 

Esse alimento também melhora a saúde dos olhos e aumenta o crescimento dos músculos, deixando o corpo mais forte e definido. 

 

Miúdos: 

Os alimentos chamados de miúdos, como fígado e moela, são ricos em vitamina D e ainda oferecem outros nutrientes essenciais, como o ferro. 

Segundo estudos, esse tipo de carne apresenta maiores benefícios para o corpo humano, sempre que ingeridas com equilíbrio. 

Os miúdos também são ricos em outras vitaminas e minerais, sendo um dos principais alimentos para pacientes anêmicos. 

 

Cogumelos: 

Poucas pessoas sabem, mas grande parte dos cogumelos são cultivados com a exposição de luz solar e, por isso, tem boas doses de vitamina D. 

Do mesmo modo, esses alimentos são ideias para a dieta, já que são pobres em calorias e podem substituir as porções de carne e de outros alimentos na rotina. 

Os cogumelos também auxiliam no controle da pressão arterial e reduzem as chances de acidentes vasculares cerebrais. 

 

Leite e queijos: 

Para finalizar essa lista, os alimentos que ajudam a perder peso e são ricos em vitamina D são o leite e os queijos, principalmente o magro. 

Ainda em relação aos queijos, o consumo deve ser equilibrado, já que muitos são bastante calóricos. 

Já o leite, pode ser incluso na rotina logo no café da manhã, através de shakes e vitaminas. 

É importante ressaltar que o leite também atua na saúde óssea e imune, fortalecendo os ossos, dentes e seu organismo. 

Além dos alimentos que ajudam a perder peso e são ricos em vitamina D, uma dica médica é sempre tomar o sol da manhã, preferencialmente até as nove ou dez horas ou após as seis horas da tarde.  

Os raios ultravioletas conseguem ser absorvidos pela camada de pele, aumentando os níveis de vitamina D, a absorção de cálcio e todo o funcionamento do corpo. 

 

Conclusão 

Em conclusão, os alimentos ricos em vitamina D incluem peixes, miúdos, ovos, cogumelos e leite e queijos. 

Então, adicione cada um desses pratos a sua dieta, para ter resultados mais rápidos, equilíbrio interno e saúde.

Ficou alguma dúvida? Comenta aqui embaixo para que eu possa lhe ajudar e não se esqueça de compartilhar esse conteúdo. Até o próximo post!

Compartilhe: