5 passos para se manter firme nos exercícios

Com as dicas da lifecoach Grabriela Pedroso você vai  deixar as desculpas de lado e se manter firme nos exercícios.

5 passos para se manter firme nos exercícios

 

O inverno está chegando e, com ele, vem aquela preguiça básica de sair de casa. De manhã está frio, então você deixa para ir à noite. Quando chega a noite, está mais frio ainda e, além disso, você está super cansada de um dia todo de trabalho. E assim, quando você menos espera, passa a engrossar a estatística daqueles que esvaziam as academias entre junho e outubro. A grande questão é: Como fazer? Como se manter motivada e empolgada para continuar a maratona de exercícios que se iniciou no verão? E se não começou no verão, como criar coragem para dar esse passo agora?

1. Encontre uma atividade que dê prazer

Não é segredo para ninguém: Quando você faz algo que realmente detesta, sempre encontrará um jeitinho de se esquivar. Tudo é desculpa, desde TPM até a chuva. Por outro lado, quando você faz algo que realmente ache divertido e prazeroso, mal pode esperar a hora de aquele momento chegar. Cria-se a antecipação. Seu cérebro anseia por essa descarga de dopamina e não existem desculpas fortes o suficiente para manter você longe desse exercício. Posso dar uma dica? Teste várias academias e várias modalidades diferentes até encontrar alguma que se encaixe com o seu perfil. Nem todos gostam de corrida ou spinning, assim como várias pessoas fogem da zumba. Encontre aquele exercício que deixe você com brilho no olhar e aproveite cada segundo.

2. Faça avaliações físicas regulares

Se você ainda não fez, indico fortemente que faça. O avaliador físico irá medir a sua taxa de gordura corporal, dentre várias outras coisas: as suas dobras, seu peso, suas medidas. Enfim, tudo o que você tem direito de saber mas a balança não conta. E por que estou dizendo que isso é um motivador? Por dois motivos:

 

  • Você avalia o seu progresso de uma forma mais global, deixando de ficar tão dependente da balança, que muitas vezes tem um péssimo senso de humor;

 

  • Você assume um compromisso. A partir do momento em que você se compromete com alguém a reduzir suas medidas, diminuir sua taxa de gordura e melhorar seu desempenho, sua motivação vai às alturas, e isso com certeza ajudará você a se manter firme.

3. Faça dos exercícios um hábito, como escovar os dentes

Um dos segredos daqueles que praticam atividades com regularidade é esse: eles nem pensam na possibilidade de faltar. É como comer, dormir e escovar os dentes – um hábito totalmente instalado. Muitos agora dirão que já sabem como isso funciona, que é preciso manter a atividade por vinte e um dias e etc., mas não é bem assim que o nosso cérebro funciona.

Para criar um hábito e mantê-lo, é necessário a coexistência de três fatores:

  • Gatilho: É o que irá indicar que está no momento de iniciar a atividade. Por exemplo: antes ou depois do trabalho; na hora do almoço; todos os dias às 20 horas. É importante ter um gatilho, pois é ele quem colocará o cérebro no modo automático para a execução do hábito.

 

  • Rotina: É o exercício em si, que será realizado logo após o gatilho ser acionado.

 

  • Recompensa: Serve para condicionar o cérebro, indicando por que vale a pena passar por essa rotina. Esses são os três passos para a criação de um hábito. Quanto mais vezes você repetir essas ações, mais automáticas elas se tornarão.

4. Encontre alguém para superar

É a mais pura verdade: as pessoas gostam de ganhar. E nada melhor do que uma rivalidade saudável para nos manter motivados e firmes nos exercícios. Veja, o legal disso é que você pode ir evoluindo aos poucos e encontrar desafios maiores ao longo do caminho. É como numa corrida: antes de chegar em primeiro lugar, você precisa ultrapassar o corredor que está logo à sua frente. Encontre alguém que esteja um pouco melhor do que você e desafie-se a superar essa pessoa ou, ao menos, equiparar-se a ela. Depois dê o próximo passo, e assim por diante. Você vai ver que, em algum tempo, a pessoa a ser superada será você. 

5. Mantenha os olhos no prêmio

Nem todos os dias são de empolgação. Muitas vezes você se sentirá desanimada, sem vontade, querendo ficar embaixo das cobertas. Você também provavelmente dará algumas escapadas e fugirá da dieta. Provavelmente pensará em desistir. Várias vezes pensará que os resultados estão demorando demais para aparecer. E aí sabe o que você faz? Você se lembra de que uma casa não se constrói em um dia, e uma maratona não se corre em dez minutos. Você também se lembra dos reais motivos que levam você a se levantar e se esforçar todos os dias: uma vida longa, ativa e saudável. Talvez você queira ser uma dessas senhoras atletas que vemos todos os dias por aí; ou deseja ter energia para brincar com seus netos; talvez você queira ter forças para aproveitar sua aposentadoria. Qual a sua história? O que está por trás do simples ato de praticar uma atividade física?

 

Todos temos os nossos motivos, os nossos porquês. Qual é o seu? O que te motiva? O que você ganhará com isso? Foque no prêmio e desista das desculpas, elas só farão com que você se sinta fraca, sem poder sobre si mesma. Determine que, a partir de hoje, você tem controle sobre as suas ações, deixará de se sabotar e irá traçar o caminho que a levará aos seus objetivos. Hoje é o dia em que você dirá a si mesma: “Eu posso. Eu consigo.” Os erros e as desistências do passado devem ficar lá, no passado. Não deixe a pessoa que você foi determinar a pessoa que você será pelo resto da vida. Entre em ação. Não deixe para a próxima segunda-feira, comece hoje! Eu acredito em você.