Conheça os benefícios do alongamento antes ou depois das atividades físicas.

Conheça a importância do alongamento antes ou depois das atividades físicas. Confira!

O alongamento faz a diferença antes ou depois das atividades físicas. Saiba o por quê!

 

O alongamento é parte fundamental de um treino, seja ele para qual finalidade for. Ele permite, por meio de exercícios e técnicas, alongar ou esticar a musculatura, melhorando sua elasticidade e fazendo com que ela aumente seu comprimento. Isso possibilita a manutenção ou aumento da flexibilidade, que é responsável pela maior liberdade na amplitude de movimentos. A importância de ter uma boa flexibilidade é, além da melhor execução de exercícios, maior funcionalidade corporal no dia-a-dia e mais qualidade de vida.

Como efetuar o alongamento?

O alongamento pode ser efetuado de forma estática ou dinâmica, em diversos momentos do dia, antes e depois da corrida, esportes ou musculação.

 

Para um treinamento específico de flexibilidade, é indicado que o alongamento seja realizado pelo menos 4 vezes na semana e não tem necessidade de ser longo, mas deve compreender todos os grupamentos corporais.

Maneira estática do alongamento

A forma estática do alongamento é aquela em que o membro é mantido na posição por cerca de 40 segundos a 1 minuto e 30 segundos em cada série. Ele não pode estar muito confortável, o ideal é que você sinta que ele esteja esticando, caso contrário, a alteração de seu comprimento não será possível.

Maneira dinâmica do alongamento

A maneira dinâmica de alongar geralmente é controlada por repetição, sendo que a posição de alongamento não é mantida, e sim movimentada. Dessa forma, é possível que a cada vez, a musculatura seja forçada a esticar um pouco mais. Esse tipo de alongamento é utilizado também para aquecimento e preparação para o alongamento estático.

Alongar antes ou depois das atividades físicas?

Quando a questão é alongar antes ou depois da musculação,a discussão é maior. Por ser um exercício de força, o mais indicado é alongar uma hora antes ou uma hora depois da musculação.

 

Isso porque estudos comprovam que o alongamento imediatamente antes do trabalho de força estressa o fuso muscular, que é um proprioceptor sensorial cuja função é controlar a tensão muscular excessiva. E feito imediatamente depois, esse mesmo fuso muscular estará fadigado, podendo causar o efeito inverso, ou seja, elevando a probabilidade de desenvolver lesões.

 

Já em relação a atletas e corredores, o alongamento pode ser feito antes do esporte, sendo seguido pelo aquecimento, pois isso o auxilia a ganhar amplitude articular e aí sim, prevenir lesões durante sua atividade. Nesse caso, o alongamento pode ser aliado ao aquecimento, sendo este último, uma preparação para a atividade, elevando a temperatura e a circulação sanguínea gradualmente.

Benefícios do alongamento

O alongamento efetuado de forma correta, permite o relaxamento muscular, prevenção de lesões, redução de tensões musculares, melhora da amplitude dos movimentos, facilitação da circulação sanguínea local, auxilia na consciência corporal, melhora da elasticidade dos tecidos moles, aumento da flexibilidade muscular, melhora da disposição global, além da facilitação da execução de exercícios e movimentos do dia a dia e melhora da qualidade de vida.

 

Além de todo o conteúdo citado acima, é essencial relembrar que não existe “receita de bolo” no que se refere a corpo humano, por isso é de extrema importância ter o acompanhamento de um profissional capacitado, pois tudo precisa ser dosado corretamente de acordo com as necessidades de cada organismo, respeitando a lei da individualidade para o alcance de seus objetivos, além de sempre priorizar a saúde e funcionalidade.