Tabela Nutricional dos alimentos - Aprenda a ler os valores nutricionais.

Aprenda a ler os valores nutricionais da tabela e fique sempre em dia com a dieta.

Tabela Nutricional dos alimentos - Aprenda a ler os valores nutricionais.

Imagem: Fotolia

 

Em qualquer dieta que se siga, é importante aprender a ler a tabela nutricional dos alimentos que encontramos no supermercado, não só para escolhermos de acordo com os nossos gostos, mas também para saber com mais consciência o que estamos comprando.

Aprender a ler os valores dos alimentos e suas tabelas nutricionais torna-se uma prática indispensável, que simplifica a nossa vida e toma o tempo apenas durante a primeira compra. Em troca teremos mais segurança diante do que consumimos regularmente.

Começamos pela lista dos ingredientes: por lei, essa deve ser transcrita em ordem de quantidade, do maior para o menor. Isso significa que os ingredientes que aparecem primeiro na lista estão em maior quantidade no produto, enquanto os últimos representam pouco.

Origem do Alimento

A origem do produto indica quem é o fabricante e onde o produto foi fabricado. Essas são informações importantes não só para conhecer a procedência de um item, como também para avaliar rapidamente a distância que um produto percorreu até à prateleira do mercado. Quanto maior a distância, maior os custos ambientais com o transporte do produto.

 

A tabela nutricional pode ser dividida em duas colunas: uma em relação a 100 g do produto, a outra a uma “dose” que é geralmente de uma porção inferior a 100 g e podem ser por exemplo, uma bolacha única, uma única fatia, e assim por diante.

Tomando como referência a coluna correspondente a 100 gramas, qualquer quantidade poderá ser lida como percentual e portanto facilita a comparação com qualquer outro produto de diferente marca. Se temos um queijo com 9% de gordura em 100 gramas de produto, quer dizer exatamente ter um queijo com 9% de gordura.

A Tabela Nutricional na Dieta Dukan

Na Dieta Dukan não interessa o cálculo de calorias, pois esse, será sempre proporcional as substâncias contidas na preparação. É importante contudo, lembrar de que muitos alimentos podem ser produzidos com diferentes ingredientes, e podem nos enganar. É o caso do surimi, podemos consumi-lo a vontade se privo de açúcares, mas é limitado a 8 pedaços por dia caso contenha algum tipo de adoçante.

Valores de Referência na Tabela de um Alimento para Dieta Dukan

No que diz respeito aos produtos lácteos, são considerados como concedidos aqueles que têm menos do que 5% de gordura e os tolerados entre os 7% de gordura.

Os  alimentos como presuntos crus ou cozidos de frango e peru serão aceitos se tiverem menos de 3% de gordura. No geral, basta assegurar-se que a quantidade de proteína de um produto supere a soma dos carboidratos e gorduras

Um exemplo notável é dado pelo salmão fresco, que tem 12% de gordura, 1% de carboidrato e mais de 18% de proteína.

Temos que ser cuidadosos com os produtos que levam a etiqueta “Light” na verdade, uma hipotética ricota (por exemplo) pode ser considerada como light, se tiver 12% de gordura, mas contudo não é adequada a dieta das proteína do Dr. Pierre Dukan.

O que Significa a palavra Zero na Tabela Nutricional?

Um alimento pode ser Zero quando tem menos de 1 caloria, como por exemplo: Coca-Cola Zero
Um alimento pode ser Zero quando não tem adição de açúcares
Um alimento pode ser Zero quando foi previamente congelado

É importante que não sejamos superficiais na escolha dos produtos que consumimos, leia sempre os valores e estude a tabela nutricional para saber o que está levando para a sua mesa, assim com certeza você conseguirá chegar no seu objetivo de emagrecimento.