Óleo de amendoim - conheça os benefícios desse óleo saudável

O óleo de amendoim é muito recomendado na dieta; conheça seus benefícios

Óleo de amendoim - saudável para a dieta

 

No desafio para emagrecer, é comum evitar as gorduras pelo cardápio. Mas é importante saber que apesar da gordura em excesso ser prejudicial, a mesma não pode ser retirada da dieta por completo, pois é fonte de energia, e tem funções essenciais para formar células, enzimas e hormônios.

 

Quando a gordura é consumida de modo adequado, há benefícios para a saúde, proteção para a pele e molde do corpo. Para os especialistas, o óleo de amendoim é muito recomendado na dieta pelo alto valor nutritivo.

BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE AMENDOIM

O óleo de amendoim é composto, principalmente, por ácidos graxos mono e poli-insaturados, que são gorduras do bem. Com essas substâncias de origem vegetal, há auxílio para diminuição dos níveis de LDL, considerado colesterol ruim e prejudicial para o coração.

 

Elas ainda agem contra placas das gorduras, com diminuição do risco de acidente vascular cerebral, infarto e pressão alta. Segundo estudos, a substituição de 50% do uso do óleo de soja, milho ou das gorduras de origem animal, por óleo de amendoim gera redução significativa da produção de colesterol ruim.

 

Há benefícios para coagulação, contra hemorragias, e menor incidência das doenças neurológicas, com estímulo ao sistema imunológico.

 

O consumo do óleo de amendoim ainda corta a sensação da barriga estufada, pois a digestão é fácil. Na sua composição, ainda há 28% de proteínas, o que o torna um alimento fonte de energia.

PELE SAUDÁVEL

O destaque na composição do óleo de amendoim é a vitamina E, nutriente antioxidante para fortalecer células contra o envelhecimento precoce. Essa vitamina é aliada aos processos antiinflamatórios, cicatrização e regeneração dos tecidos, contribuindo para uma pele saudável e bonita.

COMO CONSUMIR E ONDE COMPRAR

O óleo de amendoim é de coloração amarelo-clara, com suavidade em sabor e cheiro, sendo que não absorve o sabor dos alimentos, e não há transferência do próprio sabor.

 

O uso do óleo de amendoim pode ser em cozidos, saladas ou frituras. Quando a última opção é a fritura no cardápio da dieta, esse óleo é recomendado. Em pratos quentes, é considerado melhor que o azeite.

 
A atenção deve ser também no controle das outras fontes de gordura pelo cardápio, como leite, carne, entre outros. Na alimentação equilibrada, as fontes de gordura não passam 30% do valor de calorias do cardápio.
 
O indicado diariamente é uma porção do óleo de amendoim: são 12 gramas, ou uma colher de sopa. Para comprar o óleo de amendoim, é fácil: ele é encontrado em mercados e tem valor acessível.