Você sabia que a verbena pode ser utilizada a favor da sua saúde? Confira!

Muito se fala dos efeitos da verbena, mas será que ela é indicada para a dieta? Descubra:

Saiba como a verbena pode auxiliar você na dieta. Confira!

Saiba o que é e conheça as propriedades e benefícios da verbena.

O que é verbena?

A verbena é uma pequena planta medicinal muito conhecida na Europa e América do Norte, é famosa por ser um calmante natural. Por isso é muito recomendada para tratar problemas como estresse e ansiedade.

Propriedades da verbena

A verbena tem inúmeras propriedades. Ajuda, por exemplo, no tratamento de cálculo biliar, câncer de baço e no escroto. Ela também é muito usada para tratar artrite, distúrbios digestivos, taquicardia, reumatismo, queimadura, conjuntivite, faringite e estomatite.

A planta também possui propriedades afrodisíacas e adstringentes.

A verbena também ameniza os sintomas da asma e bronquite e tem efeitos benéficos em pessoas com problemas gástricos, como úlcera e gastrite.

Para as mulheres, uma excelente notícia: o chá de verbena ajuda aliviar os sintomas da tensão pré menstrual (TPM).

Chá de verbena

Desfrute de todos os benefícios da verbena consumindo um litro de chá da planta por dia. Porém, é importante consultar o seu médico antes de consumi-lo.

 

Ingredientes:

50 gramas de folhas de verbena

1 litro de água fervente

Modo de preparo:

Adicionar as folhas de verbena na água e tampar o recipiente durante 10 minutos. O ideal é beber várias vezes ao longo do dia.

Lavagem para conjuntivite

Para aliviar os sintomas da conjuntivite, coloque 2 gramas de folhas de verbena em 200 ml de água e use para lavar os olhos.

Óleo de verbena

O óleo de verbena controla espasmos estomacais, náusea, indigestão e flatulência. Ele também estimula o apetite e auxilia na digestão de gorduras.

Outra ação muito benéfica do óleo de verbena é que ele tem uma ação refrescante no fígado, o que suaviza inflamações e infecções no órgão, como a cirrose. Ele também pode ter efeito positivo para o tratamento do alcoolismo.

O óleo também acalma o sistema nervoso e alivia a tensão, insônia, desânimo, estresse e ansiedade.

Efeitos colaterais da verbena

A verbena não deve ser utilizada durante a gravidez ou por mulheres no período da menstruação.  Além disso, o seu consumo pode acarretar efeitos colaterais como vômitos hipotiroidismo, por isso, o ideal é consultar um médico antes de usá-la.

A automedicação com remédios naturais pode parecer inofensiva, porém ela pode ser perigosa, pois há a possibilidade de alergia a algum ingrediente contido na planta que a pessoa ainda desconheça. A quantidade a ser usada também deve ser estipulada pelo seu médico.

Como cultivar em casa

A verbena pode ser cultivada e mantida no jardim da sua casa. Plante as sementes da planta 20 centímetros debaixo da terra e cerca de 30 centímetros de outras plantas, para que ela possa crescer. Regue a planta todos os dias, para manter a terra bem úmida.