Compartilhe:

Não é impossível fazer uma dieta barata, que não precisa gastar com alimentos caros e só comendo do bom e do melhor!

Um dos erros mais comuns de pessoas que estão deixando a dieta de lado, é pensar que não tem tempo ou dinheiro para começar a comer de forma mais saudável. Claro que a rotina do dia a dia muitas vezes parece exigir refeições rápidas e com alimentos industrializados, mas dá sim para ser diferente.

Você duvida disso? Então vamos mostrar como começar a dieta e ter uma alimentação mais saudável.

Dá para substituir o hambúrguer na rua

É muito comum nas grandes cidades ver barraquinhas de cachorro-quente, de hambúrguer, milho, pastel… ao lado do transporte público. É muito simples explicar isso: depois do trabalho é comum bater aquela fome e a ultima coisa que se pensa é em chegar em casa e ter que fazer o jantar.

Parece familiar o que estamos falando?

Mas saiba que é possível sim substituir essa refeição na rua por algo muito mais nutritivo, saudável e que não te tire tempo e nem muito dinheiro.

Hoje é bastante comum ver em folhetos de promoção do Extra alimentos mais saudáveis, desde bolachas com aveia e centeio até uma infinidade de legumes e vegetais em oferta. Não é preciso ser fã de todos os legumes e verduras, é só escolher um ou dois para fazer um lanchinho saudável e que, com certeza, mata a fome além de trazer benefícios nutricionais.

Por exemplo, uma cenoura ralada com pepino temperado é fonte de vitaminas e pode ser facilmente conservável. Uma salada de alface idem, assim como uma berinjela ou abobrinha cozida.

Todos esses pratos são ótimos não só pela questão nutritiva, mas também porque eles alimentam e te fazem evitar um hambúrguer gorduroso no meio da tarde ou um salgado que você vai acabar se arrependendo por comido.

O melhor de tudo: por estarmos falando de produtos frescos, que tem alta rotação em um supermercado, eles estão em promoção a todo momento, especialmente quando está próximo de um novo carregamento que chega (a quarta costuma ser o dia de feira nos hipermercados). É só aproveitar esse momento.É só aproveitar esse momento, porque poupar dinheiro pode ser
indolor.

À noite é o problema

Para quem tem um trabalho, o almoço não é uma grande questão, já que a maioria das pessoas tem um vale-refeição e um determinado tempo para comer. Mas à noite, ai sim temos um problema, é comum comer mal só para se livrar de ter que fazer um jantar. Especialmente porque cozinhar tem se tornado, cada vez mais, uma arte que poucos dominam.

Não precisa ser assim! Não é preciso ser um masterchef para saber se virar e ir além do brigadeiro e do arroz queimado.

Você vai ficar surpreso com o tanto de coisas que dá para fazer misturando alguns dos vegetais citados acima com um pouco de azeite de oliva e  uns temperos como alho, cebola, salsinha e pimenta.

Mas vamos usar este espaço para dar outra dica: aproveite o almoço e faça ele ser completo. Selecione a proteína, coma os carboidratos certos, não se esqueça do verde no prato e até pode escolher uma sobremesa, desde que seja permitida na dieta, tudo isso para à noite a fome não ser gigante.

Não é proveitoso comer muito antes de dormir, já que a digestão pode prejudicar seu sono e seu dia seguinte. Coma coisas leves, invista em sopas (Que tal um gaspacho? Clique aqui para ver a receita!) e evite pães, carne vermelha e outras coisas que vão te fazer revirar na cama.

Ao usar uma plataforma como a Kimbino, que concentra os folhetos de ofertas de lojas e supermercados, e ir, por exemplo, no folheto Atacadão, vá direto para a parte de verduras e legumes, e a partir daí você monta pratos na sua cabeça para ser mais saudável.Você ainda pode ajudar na proteção ambiental, afinal abre mão de usar o
folheto de papel.

Aqui o ganho financeiro é duplo: você não precisa fazer altas compras para comer à noite e ainda vai ser mais produtivo no dia seguinte no trabalho.As melhores ofertas estão no seu bolso, fáceis de acessar.

A dieta não é um impeditivo; sua mente é

A maioria das dietas não dá certo por um fator psicológico, não porque comer verdura é ruim. Até porque até as dietas mais restritivas possuem bons substitutos para doces e frituras.

Compartilhe: