Exercícios Aeróbicos e Emagrecimento - Perca gordura e não músculos.

Dicas essenciais para afinar a silhueta com exercícios aeróbicos.

  Exercícios Aeróbicos e Emagrecimento - Perca gordura e não músculos.

 

Emagrecer, ficar esbelto, ter o corpo que deseja. Esses talvez sejam os sonhos mais comuns em nossa sociedade, juntamente com o de ficar rico. Neste último caso, não sei se posso lhe ajudar muito, afinal também tenho esse sonho. Porém,  com relação ao primeiro caso, posso lhe dar importantes informações, que vão lhe ajudar a emagrecer, perdendo gordura corporal e ganhando e mantendo sua massa magra. Quer saber como? Com exercícios aeróbicos.

O que são exercícios aeróbicos?

Neste artigo, vou falar sobre os exercícios aeróbicos. Os aeróbicos são os exercícios que apresentam, geralmente, uma intensidade baixa ou moderada e um volume (neste caso duração) mais elevado.

 

Entram, nesse tipo de exercício, as corridas, as caminhadas, a natação e o ciclismo. Todos eles, se feitos como treinamento, que é algo estruturado, com objetivos e metas traçadas no momento do planejamento da atividade, podem trazer ótimos resultados e potencializar os efeitos da dieta.

Como utilizar os aeróbicos para perder peso?

Os exercícios aeróbicos, aplicados ao emagrecimento, devem ter uma duração de, no mínimo, 20 a 25 minutos. Deixe-me lhe explicar o porquê disto:

 

1.  Quando você se exercita por mais de 3 minutos, seu corpo começa a utilizar a fonte aeróbica como fonte energética. Ou seja, ele utiliza o oxigênio para quebrar as moléculas de glicogênio e de gordura.

2.  Os exercícios aeróbicos são os ÚNICOS que utilizam os lipídios (gordura) como fonte energética durante a atividade. Isso não quer dizer que as outras atividades não queimem gordura – mas isso é assunto para um outra hora.

3.  Como os exercícios aeróbicos utilizam os lipídios que nosso corpo acumula como fonte de energia, eles acabam, diretamente, queimando nossas reservas. Mas isto não ocorre nos primeiros minutos…

4.  Nosso corpo tem reservas de glicose, sob a forma de glicogênio, e num processo de defesa das reservas energéticas, nosso corpo, primeiramente, queima boa parte desse glicogênio, para então começar a usar os lipídios como fonte de energia.

5.  Por isso, atividades aeróbicas com menos de 25 minutos de duração ocasionam pouca ou nenhuma perda de gordura.

Tome nota

Isso também não significa que você deva andar/correr/pedalar/nadar por horas e mais horas sem parar, pois, depois de um certo tempo, o corpo começa a quebrar os aminoácidos dos músculos também, ocasionando uma perda de massa magra, que não é nosso objetivo.

 

Por isso, exercitar-se de 30 minutos a 1 hora, de 3 a 5 vezes por semana, é uma ótima maneira de complementar a dieta e potencializar a perda de gordura.


O Sandro Lenzi quer saber qual assunto você deseja que ele aborde em sua coluna mensal. Envie a sua sugestão para: fitness@dietaereceitas.com.br