Entenda a importância dos exercícios físicos na terceira idade e saiba como escolher aquele que vai lhe oferecer mais benefícios

 

Conheça a importância dos exercícios na terceira idade e saiba como escolher aquele que vai lhe oferecer mais benefícios. Confira!

 

Olá, amigas! No último dia 1ᵒ de outubro, comemoramos o Dia do Idoso, e gostaria de começar nossa conversa com um pergunta: quem você será daqui 30 ou 40 anos?

Cuidados redobrados após os 25

O processo de envelhecimento é caracterizado, de modo geral, como a perda das funções em todos os aspectos do ser humano (com o passar do tempo). Podemos citar a diminuição da massa muscular, do equilíbrio, da força, da agilidade, da densidade óssea, do metabolismo e da qualidade do sono como alguns dos problemas que normalmente aparecerem na 3ᵃ idade. Mas se você pensa que só ocorrem diminuições, saiba que muitas coisas também podem aumentar, como a pressão arterial, a gordura, o risco de tumores e a diabete. Ou seja, conforme nos afastamos dos 25 anos, temos muitos motivos para nos preocupar com a saúde.

Entre os fatores de proteção que podem combater esses malefícios, estão a boa alimentação e os exercícios físicos. Vou me concentrar apenas no que diz respeito aos exercícios físicos, ok? De modo geral, os exercícios são sempre bem-vindos nessa ou em qualquer faixa etária. Entretanto, há aqueles que combatem pontos mais específicos do envelhecimento, como diminuição de massa muscular e força. Entendemos que a diminuição da força pode causar problemas no equilíbrio, gerando acidentes (quedas). As quedas nessa idade são responsáveis por um grande número de hospitalizações e mortes.

Os benefícios dos exercícios na terceira idade

Quando escolhemos atividades físicas que melhoram a massa muscular e a força, estamos não só combatendo doenças gerais, como diabetes, doenças do coração e tumores, mas também os acidentes, que são os grandes fantasmas da terceira idade. E para vocês entenderem o tamanho do problema, um levantamento feito em São Paulo mostra que as quedas internam 3 idosos por hora e que 43% deles morrem por conta deste problema.

 

Agora que já conhecem um pouco do problema, vamos à solução: EXERCÍCIOS FÍSICOS.

Mas pode ser qualquer um? Bom, como disse anteriormente, os exercícios vão atuar de forma positiva no combate a muitas doenças. Porém, atividades físicas que priorizam o ganho de força muscular e de massa magra são os mais indicadas. Alguns exemplos são a musculação, o Pilates e o treino funcional para terceira idade.

 

Quero encerrar este texto com a mesma frase que finalizo minhas palestras sobre exercícios na terceira idade:

 

Quem você será daqui a 30 ou 40 anos?

 

A escolha é SUA! A escolha é SUAR!

 

Pensem nisso e até a próxima!


O Wesley Parreira quer saber qual assunto você deseja que ela aborde em sua coluna mensal. Envie a sua sugestão para: fitness@dietaereceitas.com.br