A Manteiga Ghee é um tipo de manteiga clarificada feita de forma artesanal, muito usada na medicina Ayurveda e na cultura indiana como um alimento curativo e rejuvenescedor. Ela é conhecida por trazer muitos benefícios para a saúde, além de ser deliciosa. Se preparada corretamente, pode até ser consumida por intolerantes à lactose. CONFIRA!

A manteiga ghee ou manteiga indiana é feita a partir do leite de vaca, assim como a manteiga tradicional. A diferença é que ela passa por um processo de clarificação, onde são retiradas todas as impurezas, resíduos sólidos e sal, eliminando inclusive traços de lactose, deixando apenas o óleo (se preparada da forma correta). Por isso ela é considerada mais pura e benéfica do que a manteiga normal.

Ela traz inúmeros benefícios para a saúde. Entre eles está a alta concentração de vitamina A, o que a torna uma excelente antioxidante, prevenido o envelhecimento precoce e protegendo as células dos radicais livres. Além disso, ela tem poder anti-inflamatório e, por não conter sal nem toxinas, diminui a retenção de líquidos. Alguns estudos apontam que esse alimento até ajuda na prevenção do câncer de mama. Além disso, é utilizada em técnicas de massagens, pois nutre tecidos profundos, sendo muito boa para peles secas e para prevenção de rugas (devido ao seu alto poder de hidratação).

Se for preparada de forma correta, a manteiga ghee não possuirá sal e nem lactose. Também não produzirá fumaça em altas temperaturas, devido à isenção de toxinas que provocam a reação. O alimento também dispensa refrigeração e não contém corantes ou conservantes.

Não há dúvidas de que a ghee é um alimento muito saudável.  Porém, ao contrário do que muitos acreditam, ela não deixa de ser um alimento rico em gordura e por isso não pode se consumida em excesso. Dessa forma, não é um alimento indicado para quem está fazendo dieta visando perda de peso, visto que uma colher de sopa tem cerca de 110 calorias.

 

manteiga-ghee-3

 

BENEFÍCIOS DA MANTEIGA GHEE

  1. Livre de lactose: no processo de clarificação, os sólidos de leite, impurezas e lactose são removidos (se for preparada da forma correta). Por isso, os intolerantes à lactose geralmente não tem problemas em consumi-la. Porém, caso você seja intolerante, recomendamos que consulte um médico antes de começar a consumi-la. Veja o último tópico deste artigo.
  2. Não estraga facilmente: a manteiga não precisa ser refrigerada para ser conservada.
  3. Aumenta a flexibilidade do corpo: é lubrificante, ajuda a lubrificar o tecido conjuntivo e por isso promove a flexibilidade (segundo o Dr. Vasant Lad, diretor do Instituto de Ayurvedic em Albuquerque). É por isso que muitos praticantes de ioga e profissionais do ramo consomem este tipo de manteiga.
  4. Rica em vitaminas: rica em vitaminas A, D, E, e K. Essas vitaminas são importantes para promover a saúde dos ossos e do cérebro, e para estimular o sistema imunológico. Uma colher de sopa de ghee pode fornecer cerca de 15% das suas necessidades diárias de vitamina A.
  5. Ajuda no combate às inflamações gastrointestinais e úlceras.
  6. Saudável para o aparelho digestivo: ela converte fibra em ácido butírico, que é benéfico para as bactérias intestinais.
  7. Reduz o colesterol: estudos têm mostrado que a ghee pode reduzir o colesterol. De acordo com o Times of India, ele faz isso por desencadear um aumento da secreção de lipídios biliares.
  8. Ótima para a pele: ela pode diminuir a inflamação quando esfregado externamente sobre a pele. Na medicina natural, ela é usada para tratar queimaduras e inchaço na pele.
  9. O sabor é delicioso: o sabor é levemente acastanhado, muito delicado.
  10. Alto nível de resistência ao calor: não queima facilmente, por isso pode ser usada para fritar outros alimentos.
  11. Livre de corantes e conservantes.
  12. Excelente hidratante para pele seca: as mulheres na Índia utilizam a ghee como um hidratante facial para a pele seca. Algumas ainda utilizam no couro cabeludo, para o cabelo crescer mais rápido e mais forte.

 

COMO FAZER A GHEE?

O processo de preparação da ghee é artesanal e bem simples, você mesmo pode fazer em casa.

  1. Coloque a manteiga normal sem sal para derreter em uma panela de fundo grosso, de forma lenta, em fogo baixo (alguns preferem cozinhar em banho maria, onde coloca-se água na panela, um pano no fundo e um recipiente dentro dessa água com a manteiga).
  2. Em poucos minutos, a superfície ficará com uma camada espessa de espuma (que é gordura saturada e lactose). Essa espuma deverá ser retirada com uma escumadeira, quantas vezes forem necessárias (até que reste apenas o óleo).
  3. A parte que fica embaixo da espuma (óleo) é a manteiga Ghee. A preparação vai resultar em um óleo dourado, límpido e transparente.
  4. Coe em um tecido fino (tipo de algodão) com ela ainda quente (pode-se usar uma peneira fina se preferir).
  5. Guarde em um recipiente de vidro fechado em temperatura ambiente ou na geladeira.

DICA: Você pode escolher ervas para aromatizá-la. Basta misturar nela antes de colocar no recipiente, quando ainda estiver quente!

COMO ARMAZENAR? É essencial conservar a manteiga ghee em um vidro bem fechado e limpo (isso garante sua durabilidade). Ela pode ser guardada na geladeira ou mesmo em temperatura ambiente. Caso fique na geladeira, tem validade maior do que se ficar fora em temperatura ambiente.

 

 ILUSTRAÇÃO SIMPLIFICADA DO PREPARO:

manteiga-ghee-como-fazer

como-fazer-manteiga-ghee-2

 

GHEE EM RECEITAS

A ghee pode ser utilizada no preparo de pratos do dia-a-dia.

O sabor dela é mais acentuado do que a manteiga tradicional, por isso ela deve ser usada em menor quantidade. Ela pode ser utilizada na mistura e cozimento dos alimentos, ou até mesmo passada no pão. Outra maneira é misturando-a a outros ingredientes funcionais como ervas, castanhas e sementes.

Outras sugestões: na preparação de arroz, legumes, verduras, sopas, saladas e para refogar temperos.

Além disso, é uma ótima alternativa para substituir o óleo de cozinha em frituras. Ela possui um aroma refinado e sabor delicado, tem alto nível de resistência ao calor e não queima facilmente. A sua temperatura para frituras deve ser de média a baixa e estará no ponto de cozimento quando dourar o alimento em 1 minuto (é recomendado não colocar muitas porções de uma só vez, pois isto fará com que ela se esfrie e o resultado pode não ser satisfatório). Pode-se utilizá-la para fritar várias vezes, sem saturar (basta filtrá-la após o uso).

 

MANTEIGA GHEE, CLARIFICADA E DE GARRAFA: SÃO IGUAIS?

Esses 3 tipos de manteiga são sim muito parecidas, mas o processo de produção é um pouco diferente e o sabor também. A manteiga de garrafa e a ghee são praticamente um tipo de manteiga clarificada, mas produzidas de forma diferente.

  • Manteiga Ghee = a manteiga sem sal é fervida juntamente com os sólidos do leite por um tempo prolongado, de modo que estes se caramelizam dando a cor, aroma e sabor levemente acastanhado. Desta forma, possui um sabor mais forte.
  • Manteiga clarificada =  a manteiga sem sal é aquecida em fogo controlado, dessa forma remove-se apenas a água e componentes sólidos do leite, isso resulta em uma gordura pura, livre de toxinas e com cor clara. Possui sabor mais leve.
  • Manteiga de garrafa = muito famosa no nordeste, é obtida através do cozimento da nata do leite de vaca até que se evapore toda a água e restem apenas a gordura e as partículas sólidas da nata do leite. Possui um sabor bastante particular, levemente rançoso.

 


O consumo da ghee é liberado para intolerantes à lactose e alérgicos à proteína do leite???

Apesar de haver eliminação da lactose no preparo da ghee, essa eliminação pode não ser completa. Devido ao fato de a fabricação ser caseira (extremamente artesanal), não é possível afirmar com certeza absoluta que os resíduos do leite são 100% removidos, pois depende muito do modo como ela é preparada. Portanto:

 Recomenda-se que pessoas alérgicas à proteína do leite não consumam a Ghee.

Os intolerantes à lactose devem consumir apenas com autorização médica, pois vai depender do nível de intolerância.