Pilates - Dieta e Receitas

Conheça os benefícios do pilates para quem deseja emagrecer de forma saudável.

Será que o pilates emagrece? Quais são seus benefícios para a saúde? Descubra tudo sobre o pilates aqui!

 

Assim como muitas metodologias de exercícios físicos, o pilates não foi criado para ser um método de emagrecimento ou de melhora da saúde. Ele foi criado pelo alemão Joseph Pilates, inicialmente, para melhorar seu próprio corpo, que na infância era muito raquítico e com pouca força e resistência. No entanto, com a chegada da II Guerra Mundial, seu método, criado para promover a recuperação e a estabilização muscular, passou a ser utilizado como método de reabilitação entre os soldados feridos.

 

Um método que nasceu dessa forma e hoje se tornou uma das principais referências em exercícios alternativos é, sem sombra de dúvidas, algo que merece respeito. Esse método, que, no início, era praticado prioritariamente no chão de maneira livre ou em aparelhos desenvolvidos pelo próprio Pilates, atualmente pode ser feito com bolas suíças, com aparelhos específicos, entre outras variações.

BENEFÍCIOS DO PILATES

Os benefícios para a qualidade de vida, melhora de dores musculares e articulares são indiscutíveis, afinal, esse é um método que busca o controle e a estabilização muscular, através da melhora da força e da flexibilidade. Mas e quanto ao emagrecimento, o pilates é eficaz?

PILATES EMAGRECE

Em um estudo de 2011, o pesquisador americano Hallsworthk descobriu que a prática de exercícios de resistência, como o pilates, durante um tempo aproximado de cerca de  8 semanas, é capaz de diminuir em 13% a gordura do fígado. Aí, então, talvez você esteja se questionando que ele acaba com a gordura do fígado, não com a gordura subcutânea, que tanto incomoda. Mas na verdade, se essa prática chega a queimar os depósitos de lipídios do fígado, que geralmente servem como “reserva”, imagine o que faz com a gordura subcutânea?

O processo é simples, afinal o pilates foca, em grande parte, no desenvolvimento da força e no aumento da massa magra, como a musculação. Assim sendo, aumenta o metabolismo no pós-exercício, durante mais de 15 horas, e ainda aumenta o metabolismo basal, que é a quantidade de calorias gastas diariamente por nosso organismo para manter-se vivo, independentemente das atividades diárias.

Mas isso não quer dizer que o pilates seja igual à musculação, pois seu criador tinha fortes influências na medicina oriental. Portanto, essa prática tem uma grande preocupação com o bem-estar mental também. Mentalizações, controle e limpeza mental, além de um relaxamento bastante acentuado, fazem parte de todas as aulas.

 

O pilates é, sem sombra de dúvidas, uma das práticas mais eficazes para o bem-estar de uma maneira geral. Aliado a uma dieta balanceada, pode ser muito eficiente no que se  refere ao emagrecimento também.

 

Referência:

HALLSWORTH K; Resistance exercise reduces liver fat and its mediators in non-alcoholic fatty liver disease independent of weight loss. 2012.