Aprenda os benefícios que a erva-doce e utilize ela a seu favor. Confira!

A erva-doce tem muitas funções que não conhecemos, por esse motivo, separamos esse artigo para você conhecer um pouco mais sobre essa erva. Confira!

Conheça mais sobre a erva-doce. Veja:

 

A erva doce, conhecida como funcho (anis-doce) é uma planta muito utilizada para fazer chá, pois a bebida é feita através da semente da planta.

Através da espécie pimpinela anisum este vegetal oriundo do Oriente Médio, pertencente à família apiaceae, apresenta alto poder medicinal, pois a anis pode tratar algumas disfunções do organismo. Atualmente ela pode ser encontrada nos mercados, feiras ou em lojas de produtos naturais e farmácias de manipulação.

Para que serve a erva-doce?

O chá de erva-doce é bastante indicado para eliminar gases e cólica, além disso, ele pode atuar contra a dor de barriga, indigestão, inchaço, acidez estomacal, asma, bronquite, espasmos, dor de cabeça, inflamações, tosse, palpitações, gripe, resfriado, catarro e coriza.

Propriedades da erva-doce

A erva doce pode agir como:

  • expectorante
  • tônica
  • diurético
  • calmante
  • cicatrizante
  • sudorífica
  • galactagoga
  • antiespasmódica
  • antidispéptica

A planta possui um óleo chamado de anetol e o seu sabor e odor é proveniente deste óleo.  Em sua fórmula também possui acido málico uma substância que ajuda a diminuir o desejo de comer doce. Além destes benefícios a erva doce também pode combater os fungos devido a ação antifúngica, além de ajudar aliviar sintomas e as reações durante uma quimioterapia.

Como consumir a erva-doce?

Para consumo é recomendado a haste da planta, que pode ser servida crua, em saladas, ou refogada.

Como prepara o chá de erva-doce?

O chá é feito através do fruto seco. Para preparo é preciso ferver a água, desligar o fogo, colocar as sementes e tampar o recipiente. Em seguida é preciso coar.

O correto é que os chás com ervas não devem ser adoçados por isto não coloque açúcar, mel ou adoçante, pois caso seja utilizado irá perder a ação dentro da célula.

O ideal é que a bebida seja tomada entre as refeições seja quente ou fria, além disso, o seu preparo deve ser feito na hora. Uma dica dos nutricionistas é que, caso o chá seja deixado em garrafa térmica ele também pode perder até metade das suas propriedades funcionais.

Quais são os efeitos colaterais da erva-doce?

O consumo em excesso da anis pode ocasionar reações alérgicas como náuseas e vômitos.

Contraindicações

A planta é contraindicado para pessoas que possuem úlcera duodenal, refluxo, colite ulcerosa ou diverticulite, além daqueles que utilização suplementação de ferro. O óleo também deve ser evitado na gravidez e na amamentação.

Apesar do chá trazer diversos efeitos funcionais ele não é um medicamento, portanto, não deve substituí-los.

O seu consumo deve ser orientado por um profissional caso seja utilizado para algum fim medicinal.