Antes e Depois da Patrícia - Dieta Paleo

Conheça a incrível história de transformação de Patricia, uma adepta da dieta paleo, e inspire-se!

Antes e Depois da Dieta Paleo - Vanessa 

Além de perder quilinhos a mais, uma dieta balanceada pode resultar na eliminação de problemas de saúde. Foi o que aconteceu com a Patricia di Giaimo Tassinari, de 38 anos, que segue a dieta paleo há dois anos e meio, e que além de ter perdido 27 quilos, superou problemas como anemia e hipoglicemia.

ANTES DA DIETA PALEO

Desde os 14 anos, Patricia seguiu diferentes dietas, tomou remédios e fez reeducação alimentar, mas depois de todos esses esforços, acabava engordando de novo. Com 30 anos, ela precisou fazer uma cirurgia de hérnia de hiato, devido à obesidade. Aproveitando essa cirurgia, Patricia decidiu fazer também o procedimento de redução de estômago, que resultou em uma perda de 42 quilos. No entanto, com a correria do dia a dia, maus hábitos na alimentação e duas gestações, ela engordou quase 30 quilos.

A DECISÃO

Com 36 anos, depois de ter tido sua segunda filha, Patricia começou a dieta Paleo. “Passei por uma gestação muito conturbada, com uma anemia incontrolável, dois miomas imensos no útero, baixa de vitamina B12, que me faziam marcar presença no consultório médico três vezes por semana para reposição venosa de ferro e aplicação intramuscular de vitamina B12”, diz. Ela também se sentia muito cansada e sonolenta por conta de um hipotireoidismo e não conseguia amamentar sua filha. “Resolvi tentar uma mudança de vida, pois daquele jeito eu não tinha mais condições de seguir.”

O INÍCIO DA DIETA PALEO

Patricia começou a dieta paleo em janeiro de 2013, quando pesava 94 quilos. “Comecei tirando o açúcar e o leite. Comia da forma paleo, mas não controlava muito as frutas e os carboidratos. Segui com o mesmo peso até meados de 2013, mas sempre dava umas escapadas e acabava comendo algo com glúten”, confessa.

 

Em outubro daquele ano, ela começou a seguir a versão low carb da dieta, consumindo cerca de 60 gramas de carboidrato por dia. “Só nos primeiros 15 dias, eliminei quase cinco quilos”, diz. “No primeiro mês, eu perdi quase dez quilos e reduzi incrivelmente as medidas de barriga e coxas, foi realmente ótimo. Perdi nove centímetros de barriga e dois centímetros de cada coxa.”

 

Nos meses seguintes, Patricia acabou consumindo frutas e mais de 60 g de carboidrato por dia, mas manteve o peso. Mas ela ainda sofria com hemorragias severas que os miomas causavam e, assim, continuava com anemia.

PALEO PRA VALER

Em julho de 2014, Patricia optou por seguir a versão cetogênica da dieta Paleo, diminuindo para 20 g por dia seu consumo de carboidratos. Além disso, ela seguiu a Paleo Whole – a versão mais pura da dieta Paleo – por três meses consecutivos. Nesse período, ela conseguiu eliminar 17 quilos. “Acho que só levei a Paleo a sério nesta última fase, onde já tinha entendido bem o que devia ou não comer, e o que me fazia mal ou não”, afirma.

RESULTADOS

Patricia perdeu 27 quilos em 14 meses, chegando ao peso tão sonhado de 67 quilos. O melhor foi que seus miomas reduziram de tamanho, eliminando as hemorragias. Ela também sarou da anemia, hipotireoidismo, enxaqueca e eliminou o inchaço abdominal. A dieta paleo se tornou um estilo de vida para Patricia, e quando ela sai dessa rotina, comendo um petisco com glúten, por exemplo, já sente a enxaqueca voltar e dores articulares. “Paleo é tudo de bom! Mas é preciso se desvencilhar de antigos hábitos”, afirma. “Seu corpo vai gostar deste novo estilo de alimentação, pois você foi designado a comer assim, e viva a paleo!”